Alita- Anjo de Combate

Como quase sempre, essa que vos escreve não teve nem um contato anterior com a obra de Yukito Kishiro, autor de Alita, originalmente chamado de Gunm Hyper Future Visions de 1990.

Devo expressar aqui que após a sessão eu tive compromissos, mas flashes do filme não saiam da minha mente. Sabe quando o filme entra em você e você sai da sala com a sensação de que você é o personagem? Alita me cativou! Ela é impulsiva, motivadora, tem um jeito meio doce e enérgico, cheio de vontade e de vida, além de naturalmente ser uma guerreira. A impulsividade de Alita, além da enorme força de vontade e responsabilidade que puxa pra si a atrai à muitos problemas drásticos.

Resultado de imagem para alita

Ela não está sozinha, mas tudo é por conta dela. Por saber que é mais forte e tem a capacidade pra proteger a quem ama, ela pega todos os problemas pra si. Ela é a solução. 

“Coragem é o desejo de agir mesmo com medo” e isso essa garotinha tem de sobra. Ela não se da por vencida, ela não para nem literalmente aos pedaços.

Saindo da personalidade dela, aliás os personagens base da história são bem construídos, vamos pra parte técnica:

Resultado de imagem para alita

Fotografia, cortes de cena, cenas de ação, James Cameron… Não lembro dele ter excedido um limite, ou ficado abaixo da média. O filme é lindo num cenário cyberpunk quase apocalíptico; digo quase porque tem poucos recursos e a maior parte da população são de máquinas e ciborgues, não há quase nem um humano. Em parte achei difícil identificar o verdadeiro câncer da história, por mais que você tenha visto o vilão, você ainda fica sem saber qual exatamente é o problema e a motivação dele. Isso vai sendo relevado muito lentamente e enquanto isso achamos distrações durante o filme quanto a quem é o verdadeiro grande alvo. A trama é intensa, como sua protagonista. Embora estivesse chovendo, e a sala ainda tivesse ar condicionado, eu suei bastante de tensão, não piscava, e eu que sou tão falante não dei um Pio. Não esperava muito do filme e acabei aqui com o mangá nas mãos hahaha. Aliás o volume mais barato custa 32,00.

Resultado de imagem para alita

Essa que vos escreve sempre conta spoilers, porque não liga de receber, mas dessa vez ela não o fará. Vale a pena você pagar pra ver dia 14 de fevereiro nos cinemas! Para ansiosos recomendo muita pipoca, e para quem tem interesse e paciência terá tempo de ler o mangá antes da estréia , deixarei o link aqui.

Aaaaahhhh!!!

A trilha completa já está disponível no Spotify (maravilhosa, tem umas eletrônicas bravas!).