FILMES 

Compra-me um Revólver | Crítica

Engana-se quem pensava que Pablo Escobar era uma figura essencial para filmes sobre cartéis de drogas. Compra-me um Revólver escolheu uma criança como personagem principal de sua história mostrando uma perspectiva pouco explorada no cinema. O longa conta como a pequena Huck (Matilde Hernandez), uma menina que se esconde atrás de uma máscara e roupas largas, ajuda seu pai, viciado, a cuidar de um campo de beisebol frequentado por traficantes. Com direção e roteiro de Julio Hernández Cordón, o filme nos é apresentado como um relato da protagonista. Huck narra…

Leia mais.
FILMES 

Anos 90 | Crítica

Quem só conhece Jonah Hill de comédias como Se Beber Não Case e Anjos da Lei provavelmente irá se surpreender com a estreia do ator no roteiro e na direção. Porém, quem já conferiu alguns de seus trabalhos mais “alternativos” conseguirá enxergar semelhanças nos traços de seu novo longa Anos 90. O filme acompanha Stevie (Sunny Suljic), um pré-adolescente que começa a andar com um novo grupo de amigos e se interessar por skate. Uma trama simples e, ainda assim, interessante. A direção de Jonah Hill é extremamente perceptível e…

Leia mais.
FILMES 

A Costureira de Sonhos | Crítica

Já perdi a conta de quantas vezes assisti a temática da relação entre patrões e empregadas domésticas na tela do cinema. No entanto, felizmente, cada filme possui sua linguagem própria e sempre acrescenta algo a mais naquilo que imaginávamos já saturado. Essa é a ideia de A Costureira de Sonhos. Mas não desistam ainda, a diretora Rohena Gera tem muito a falar. O longa nos conta a história de Ratna (Tillotama Shome), uma doméstica que trabalha e mora na casa do patrão recém separado Ashwin (Vivek Gomber). Enquanto ela luta…

Leia mais.
FILMES 

A Grande Dama do Cinema | Crítica

Sem nenhum suspense, já posso adiantar que A Grande Dama do Cinema é um filme maravilhoso que merece, e muito, a sua atenção. O novo longa de Juan José Campanella nos conta mais um episódio da conturbada relação de um grupo de idosos que mora na mesma casa há mais de quarenta anos. Uma antiga estrela de cinema, um ator frustrado, um roteirista talentoso e um diretor derrotado são surpreendidos por dois jovens corretores que tentam convencê-los a vender o imóvel. Logo, como já disse que o longa vale a…

Leia mais.
FILMES 

A Vida de Diane | Crítica

Por: Marcelle Souza Até mais ou menos a metade do filme, não sabia se A Vida de Diane iria render uma crítica interessante. Mas foi com a cena do bar que tive um estalo e comecei a apreciar mais o que eu estava assistindo. O longa de Kent Jones é um típico filme que levaria uma atriz a ser indicada ao Oscar. O enredo me lembrou um pouco Para Sempre Alice, de 2014, por abordar questões como perda, envelhecimento e memória. Somos apresentados a Diane (Mary Kay Place), uma viúva…

Leia mais.
FILMES 

B.O. | Crítica

Por: Marcelle Souza Um filme sobre cinema para quem faz cinema. Esse poderia ser o slogan de B.O., comédia de Daniel Belmonte e Pedro Cadore. A história gira em torno de Pedro (Daniel Belmonte) e Fabricio (André Pellegrino), dois jovens cineastas frustrados que tentam provar para o mundo que conseguem produzir um filme de sucesso. Por isso, resolvem fazer um drama de baixo orçamento para passar em festivais e terem dinheiro para seus próximos longas. Sendo muito sincera, eu gostei de B.O. A metalinguagem do filme fez com que eu…

Leia mais.
FILMES 

Mormaço | Crítica

Por: Marcelle Souza É impossível dizer que Mormaço é um filme inesperado, principalmente para consumidores assíduos de conteúdos audiovisuais. Porém, isso não significa que não seja um filme bom. Muito bom, na verdade. Logo no primeiro minuto, a diretora Marina Meliande já mostra que – por mais que já tenhamos visto histórias parecidas em filmes como Aquarius, Mãe e até Piratas do Caribe – seu longa tem um diferencial. A história gira em torno de Ana (Mariana Provenzzano), uma defensora pública que se vê presa duas vezes na mesma situação.…

Leia mais.
FILMES 

Mademoiselle Paradis | Crítica

Por: Marcelle Souza Mademoiselle Paradis não me ganhou de primeira. O filme possui alguns altos e baixos, mas, sem dúvida, suas qualidades são maiores que suas falhas. O longa é baseado na história real de Maria Theresia Paradis (Maria-Victoria Dragus), uma jovem pianista cega que é encaminhada, pela família, a um tratamento para voltar a enxergar. Seu maior ponto negativo é o ritmo. O filme possui apenas 1h37, no entanto, seu primeiro ato é arrastado e faz parecer que gasta muito mais tempo que sua extensão real. Além disso, o…

Leia mais.
FILMES 

Amanda | Crítica

Por: Marcelle Souza Se existissem duas palavras que poderiam resumir, ou melhor, definir Amanda, essas seriam sutileza e simplicidade. O novo longa de Mikhaël Hers trata da perda e do recomeço focando nos detalhes de cada ação e, assim, comovendo o público. Começamos o filme conhecendo e nos apaixonando rapidamente pela família de David (Vincent Lacoste), sua irmã, Sandrine (Ophelia Kolb) e sua sobrinha, Amanda (Isaure Multrier). Mesmo que por pouco tempo, entendemos que é uma família adorável e adoraríamos acompanhar o cotidiano. É dessa forma que sentimos e nos…

Leia mais.
FILMES 

A Sombra do Pai | Crítica

Por: Marcelle Souza Gabriela Amaral Almeida é uma das minhas diretoras nacionais preferidas. Muitos dizem que Animal Cordial, de 2018, é seu único trabalho conhecido, porém, se esquecem que, antes disso, ela já havia dirigido outros curtas premiados como A Mão que Afaga e Estátua!. Gabriela é a única que, ultimamente, consegue me tirar de casa para assistir a um filme de terror no cinema e não poderia ser diferente com A Sombra do Pai. O enredo gira em torno da pequena Dalva (Nina Medeiros) que, após a morte de…

Leia mais.
[gs-fb-comments]