SÉRIES E TV 

Crítica | Game of Thrones: tchau e obrigado por 73 domingos.

Qual foi a última vez que você sentou na frente da tv semanalmente para ver uma série? Qual foi a última vez que você debateu em todos os seus ciclos de amigos sobre uma série? Game of Thrones causou isso e eu sou muito grata à isso.

A HBO transmitiu o último episódio de Game of Thrones dia 19 de maio de 2019, após 9 anos, 8 temporadas e 73 episódios de história. História que foi além das telas, se tornou uma marca, um símbolo, e até um pré-requisito para amizades.

A série começou baseada na saga literária de George R. R. Martin, “A Song of Fire and Ice”, porém acabou ultrapassando os lançamentos dos livros e continuou a história apenas com os textos dos roteiristas (com o apoio do autor da saga, claro). Mas isso todo mundo já sabe e muitos não ficaram felizes com isso.

De fato, a série não é igual os livros, na verdade apenas a primeira temporada é quase 90% igual ao livro. Mas, mesmo com todos os pontos diferentes, os fãs não pararam de assistir ao Jogo dos Tronos nas suas telas através da HBO, que marcou sempre altos pontos de audiência. Os fãs não abandonaram e a série também não abandonou seus fãs.

Bom, agora posso falar da polêmica temporada final (spoiler a partir daqui, ok?).

Esperamos muito para o grande final, foram 9 anos para saber quem iria vencer uma guerra que começou por causa de fofoca, sim, fofoca. Lorde Baelish foi o principal culpado para o conflito inicial dos Starks e Lannisters. Mas convenhamos que na altura do campeonato ninguém mais se importava com isso, todos queriam mesmo é saber se a Daenerys iria queimar tudo ou não, “Dracarys neles!”.

A série mudou durante os anos, é o que todos sempre falam. Não irei negar tal afirmação, porém não posso dizer que essa “mudança” foi algo ruim para a história.

Os personagens amadureceram e também não deixaram suas origens de lado. Um grande exemplo é a Sansa Stark. Sansa sempre sonhou em ser rainha, na infância fez tudo que lhe ensinaram para alcançar esse cargo, sempre obedecendo aos homens de poder (os Reis ou Lordes), sofrendo sempre nas mãos desses homens. Sansa mudou, deixou de ser um passarinho,ela passou a comandar o Norte e colocar tudo que aprendeu em prática. Para mim, seu final como Rainha do Norte foi exatamente justo. (Sou #TeamStark desde sempre).

Vocês perceberam o quanto as personagens femininas ganharam espaço ao longa da história? Uma série que retratou muitas cenas de violência contra as mulheres e protagonizou polêmicas por salários diferentes, demonstrou, nos últimos episódios, o poder das mulheres. Infelizmente não foi cem por cento mas uma mudança aconteceu.

Tenho dois finais de arco que me deixaram tristes: o fim da Cersei e da Daenerys. Ambas conquistaram tanto para ter mortes tão fracas. Esperava mais.

Ver a Brienne escrevendo a página do Jaime com tudo que ele fez foi uma das cenas mais lindas da série. O final do Jaime, para mim, foi esse momento em que a memória dele foi salva, não quando ele foi soterrado. Brienne merecia mais, mas pelo menos ela perdeu a virgindade com um homem bem bonito (risos).

Sam como septão, quase chorei quando ele entrega o livro ao Tyrion! O meu final ideal era o Sam, velhinho, contando a história para várias crianças e dizendo que a democracia nasceu daquela forma.

Qualquer semelhança entre a Arya e Dora, The Explorer é mera coincidência. Tô esperando um corvo com ela contando o que encontrou no Oeste.

Por fim, acabou que o grande representante disso tudo, o Trono de Ferro ficou vazio. Drogon destruiu o que destruiu a sua mãe, transformando o Trono em metal derretido, sem valor algum.

O fim não foi o que eu esperava mas gostei do que foi apresentado e, como falei no início, sou grata por todos os 73 domingos.

Por 73 domingos me sentei na sala para ver televisão. No meio da era de crescimento dos serviços de streaming, onde esperei muitas séries acabarem para maratonar, continuei a esperar os episódios de Game of Thrones, e eu não fui a única.

Game of Thrones foi trending topic no Twitter nos 73 domingos, foi o único assunto da timeline do Facebook e de 80% dos meus grupos do WhatsApp (incluindo o grupo da família).

Agradeço a HBO por ter colocado no ar essa série que, mesmo com o final não tão amado, será para sempre uma das melhores séries já feitas.

Obrigada pelos 73 domingos.

Relacionados

[gs-fb-comments]