FILMES 

Liga da Justiça | Tema de Superman de John Williams fará parte da trilha sonora

Em entrevista com a Billboard, o produtor musical Danny Elfman comentou um pouco sobre seu trabalho em Liga da Justiça.

Existem alguns pequenos momentos de fanservice até mesmo para mim. Eu coloquei a trilha da Mulher-Maravilha que Hans Zimmer fez para Batman vs Superman: A Origem da Justiça, mas também teve um momento em que tive o prazer de dizer, Vamos fazer o Superman do John Williams e isso foi o céu para mim, porque agora eu tenho uma melodia para mixar, e estou usando ela de uma maneira muito sombria, em um momento sombrio. É o tipo de coisa que alguns fãs irão notar. Alguns não irão. É um momento em que não temos certeza de que lado ele está.

O pessoal da DC Filmes atualmente está mais sujeito a aceitar que seu passado icônico é sua herança – Não devemos esquecer isso. O pessoal de produtores musicais atualmente – como os da Marvel Studios ou próprio Hans Zimmer que esteve conosco até Batman vs Superman – é de que, cada vez que tem um reboot, deve-se a ele recomeçar completamente do zero, e isso inclui a música – O que o público sempre nos disse que é besteira. Pois o tema mais icônico de todos os tempos é o de Star Wars e ele vive até hoje, pois tiveram o bom senso de não jogar ele fora nos outros filmes. E toda vez que ele toca o público vai à loucura.

Sobre a Marvel Studios, o pensamento sobre recomeçar completamente do zero também tem deixado de lado ultimamente, logo que o último filme Homem-Aranha: De Volta ao Lar tem em sua trilha sonora uma versão da música tema clássica, apesar do filme ainda pertencer a Sony. Danny Elfman também fala sobre a trilha sonora dos novos personagens.

Eu criei melodias bem simples. Existem muitos temas, você não pode fazer um grande tema para tudo, Então criei uma melodia para o Flash, Aquaman e Ciborgue — logo que eles terão seus universos expandidos em filmes futuros, mas os temas destes são bem simples, e a produção entendeu. Eu disse Mesmo que não seja usado novamente, estou criando todos os componentes, para vocês aproveitarem. Então talvez usem ou não, mas é assim que eu começo um projeto como esse. Você tem que enxergar que é o inicio da mitologia e é isso que importa, tudo irá crescer.

Eu amei as pessoas com quem trabalhei, eles foram maravilhosos. Os caras da DC foram ótimos. Eu continuo falando sobre o DNA do John Williams nesse novo tema — usando o DNA do Batman nas outras variações, que não são o tema do Batman — Mas tudo é derivado disso… Temas musicais são como genes, você carrega o DNA e cria essas conexões sutis que são percebidas em um nível inconsciente. É engraçado, pois eu sou péssimo em quebra-cabeça, mas eu amo quebra-cabeça musical. É uma parte diferente do meu cérebro.

Relacionados

Leave a Comment