MANGÁS E HQS 

Resenha | The Legend of Zelda – Ocarina of Time da Panini

Qualquer um do meio nerd já jogou ou já ao menos ouvir falar da série de jogos The Legend of Zelda – A Lenda de Zelda. Os menos informados acreditam que a série narra a aventura de Zelda, mas os mais informados já entendem que Zelda não é o protagonista. Com o intuito de apresentar a história de Link, o protagonista, a editora Panini relançou o mangá baseado em Ocarina of Time, a qual é provavelmente a história mais famosa da série.

A história conta a infância de Link, que cresceu no Bosque das Fadas, mas era diferente de seus companheiros. Compartilhava deles as mesmas singularidades, como os traços élficos e a altura de criança, mas não a maior delas – cada um era acompanhado de sua própria fada, menos Link, algo que nunca foi explicado, e motivo de zombaria.

Link, por não ter ajuda de uma fada, teve de se destacar com suas habilidades em tudo, como caça, teatro, e até mesmo a proteção do bosque. Quando a Árvore que protege o bosque é atacada por uma aranha demoníaca, Link entende seu propósito e se vê na missão de buscar a salvação de seu mundo. Ao ser o primeiro a sair do Bosque das Fadas, descobre a imensidão desse mundo. Conhece o gigantesco Reino de Hyrule, habitado pelos hyllians, seres semelhantes a ele, e lá conhece também a Princesa Zelda, uma criança levada como ele, e toda a trama por trás do trono que queria ser usurpado por Ganondorf.

Resultado de imagem para manga ocarina of timeÉ muito interessante ler as aventuras de Link quando criança, inclusive as primeiras páginas são coloridas. Porém, quando Link cresce – após passar sete anos adormecido – descobre que é um hyllian e que deixou o Reino abandonado enquanto Ganondorf o dominava. O tom do mangá passa a ser desanimador e depressivo e não tão delicioso como era no começo, inclusive o ritmo fica mais lento também, mas vale a pena ler, tanto quem já conhece a história, quanto quem – como eu – não conhecia a história e teve uma ótima oportunidade de adentrar o universo rico medieval da Nintendo.

 

Relacionados