Crítica | Ponto Cego

A indústria audiovisual estadunidense vem passando por um momento particular e extremamente interessante: há uma grande quantidade de produções realizadas com o intuito de questionar o papel do negro na sociedade norte-americana. Desde o clipe visceral de This is America à sitcom mais tranquila de Blackish, passando pelo terror psicológico de Corra!; estes filmes buscam questionar temas como o racismo estrutural desta sociedade, presente em declarações veladas, na brutalidade policial, entre outras atitudes, que, normalmente, passam incólumes. Ponto Cego figura entre estas obras e, certamente, já se destaca como uma…

Leia mais.