Game of Thrones: Sétima Temporada – Crítica

Sétima temporada investe no espetáculo e perde muito no roteiro. Game of Thrones, tal como a série de livros As Crônicas de Gelo e Fogo de George R. R. Martin que inspira o seriado, por muitos anos foi conhecido como uma das poucas histórias imprevisíveis ou não tão previsíveis, onde plot twists – ou reviravoltas, como quiser chamar – eram bem amarrados e para muitos surpreendentes. É claro que, com o tempo, fãs acostumado com o ritmo e com os personagens podem acabar por prever certos comportamentos ou revelações, mas…

Leia mais.