Mormaço | Crítica

Por: Marcelle Souza É impossível dizer que Mormaço é um filme inesperado, principalmente para consumidores assíduos de conteúdos audiovisuais. Porém, isso não significa que não seja um filme bom. Muito bom, na verdade. Logo no primeiro minuto, a diretora Marina Meliande já mostra que – por mais que já tenhamos visto histórias parecidas em filmes como Aquarius, Mãe e até Piratas do Caribe – seu longa tem um diferencial. A história gira em torno de Ana (Mariana Provenzzano), uma defensora pública que se vê presa duas vezes na mesma situação.…

Leia mais.