FILMES 

Top 10 | Os Melhores filmes de luta

  • O Dragão Chines (The Big Boss) 3 de outubro de 1971

Levado de Hong Kong por seu tio a Bancoc para viver com os primos, o imigrante chinês Cheng Chao-An passa a trabalhar na fábrica de gelo local, cujo proprietário está envolvido com tráfico de drogas e prostituição. Com a escalada da violência, Cheng revela-se profundo conhecedor das artes marciais e derrota a quadrilha. Clássico de kung-fu, estrelado pelo verdadeiro Bruce Lee. Foi esse filme de sucesso estrondoso que o lançou ao estrelado.

Quando o filme foi lançado em 1971 em Hong Kong, incluía cenas que foram mais tarde removidas de todas as versões principais devido a censura de filmes com altos graus de violência. The Big Boss originalmente incluía cenas de um corpo cortado ao meio com uma Serra circular, uma artéria cortada com uma faca,fazendo jorrar sangue de frente ao personagem, e a tão famosa cena em que Cheng (Lee),corta ao meio a cabeça de um dos bandidos com um serrote com uma só mão (Uma curiosidade sobre o filme é que ele é feito por um dublê de Bruce Lee , e não o próprio). Em outra cena inteiramente cortada (que acontece antes da batalha final, e também continha um momento de nudez do personagem), Cheng, sabendo que ele vai provavelmente morrer ou ser preso logo depois de ter vingança, decide visitar um bordel, e o jovem chinês acaba fazendo amor com uma prostituta tailandesa.

  • O voo do dragão (The Way of the Dragon)  1 de junho de 1972

O Voo do Dragão é um filme de arte marciais estrelado, escrito e dirigido por Bruce Lee, lançado e produzido no ano de 1972, na cidade chinesa de Hong Kong. Além de lutas de artes marciais memoráveis, o filme traz algumas cenas de comédia, com o protagonista chinês passando por algumas dificuldades ao não entender a língua italiana.
Tang Lung viaja de Hong Kong até Roma para ajudar sua amiga Chen Ching Hua e família, que estão sob ameaça e intimidações da Máfia local que quer tomar o restaurante deles. Tang expulsa alguns mafiosos do restaurante, causando admiração entre os seus amigos e passa a lhes ensinar Kung Fu. A Máfia manda assassinos darem cabo de Tang, que mais uma vez os vence, dessa vez manuseando com maestria um Nunchaku. Em outra tentativa dos criminosos, Chen é raptada mas Tang e seus amigos conseguem resgatá-la.

Com o chefão agora considerando o caso como pessoal, assassinos estrangeiros são contratados para matar Tang. Dentre eles está o americano Colt, campeão mundial de Karatê. E que desafia Tang para um combate mortal na arena histórica do Coliseu.

Esse foi o único filme que Chuck Norris atuou ao lado de Bruce Lee, embora eles apareçam lutando no filme Game of Death, pois o roteiro precisou ser mudado devido a suposta morte de Bruce Lee.
Na versão brasileira três cenas são cortadas. A cena em que Tang Lung, ainda no aeroporto, procura um restaurante, e tenta perguntar para um menino onde encontrar algo para comer, através de mímica, enquanto o garoto foge chorando chamando pela mãe, a 2º, e quando ele entra no restaurante e o garçom lhe oferece o cardápio em Italiano, sem saber ler, ele aponta pra várias combinações do cardápio. Quando o Garçom vem com a comida, era tanta opção, que nem cabia na mesa. A 3º e uma suposta cena onde Bruce enfrenta os primeiros quatro capangas.

  • Rocky: Um Lutador (Rock) 7 de janeiro de 1977

É o primeiro de uma série de oito filmes protagonizados pelo personagem Rocky Balboa. Os demais são Rocky 2 (1979), Rocky 3 (1982), Rocky 4 (1985), Rocky 5 (1990), Rocky Balboa (2006), Creed (2015) e Creed 2 (Previsto em 2018)

Rocky é um desconhecido boxeador da Filadélfia que complementa sua renda como coletor a um agiota. Nesta cidade ocorrerá a disputa pelo campeonato mundial de pesos pesados está marcada para o dia de Ano Novo de 1976, o ano do bicentenário da Declaração da Independência dos Estados Unidos. Porém, o desafiante do campeão Apollo Creed se machuca, e o promotor Jergens encontra dificuldades de encontrar outro oponente. Creed apresenta a ideia incomum de lutar contra um lutador local, de origem italiana: sua escolha recai em Rocky, apelidado Rocky, The Italian Stallion (O Garanhão Italiano), imaginando ser um grande apelo para a mídia.

Ao mesmo tempo envolve-se romanticamente com Adrian, a irmã tímida de seu amigo Paulie, um trabalhador de frigorífico. Rocky treina na academia de Mickey, um ex-lutador, que duvida de sua capacidade – que chega ao ponto de remover seus pertences do armário para passa-lo a outro. Porém, após o anúncio que ele lutará contra o campeão, Mickey oferece-se para treina-lo.

Passa a treinar intensamente, inclusive socos nas carcaças penduradas na câmara fria de Paulie. Creed inicialmente não leva a luta a sério, mas Rocky inesperadamente derruba-o no primeiro assalto. A luta torna-se intensa, com cada lutador sofrendo grandes machucados. Ao fim da luta Creed fala a Rocky que não haverá revanche e este responde que não quer e chama por Adrian, que corre até o ringue. Apollo Creed é anunciado como vencedor por uma decisão apertada dos árbitros.

  • Touro Indomável (Raping Bull) 14 de novembro de 1980

Touro Indomável é um filme dirigido por Martin Scorsese, que promoveu um verdadeiro marco no cinema da década de 80 e modificou profundamente a cultura suburbana dos Estados Unidos.
O filme conta a vida desregrada de Jake LaMotta, um filho de imigrantes italianos, que se torna pugilista da categoria peso-médio e era conhecido como “o touro do Bronx”.

A tentativa de assassinato do presidente norte-americano Ronald Reagan, por John Hinckley Jr, que assumiu seu fascínio sobre Taxi Driver na influência da tentativa de morte do presidente, teve consequências na cerimônia de 1980, em que Touro Indomável concorria. Scorsese foi escoltado por agentes do FBI e retirado da cerimônia por medo da reação populacional antes que o vencedor de melhor filme fosse anunciado. A tentativa de assassinato do presidente influenciou para que Touro Indomável não levasse o Oscar de melhor filme naquele ano.

Para convencer o diretor Martin Scorsese de que poderia interpretar o pugilista Jake La Motta, Robert De Niro treinou boxe durante um ano com o próprio La Motta e ainda engordou 25 quilos para interpretar o pugilista aposentado. As filmagens foram interrompidas durante dois meses para que De Niro engordasse.
Durante as filmagens, Robert De Niro acidentalmente quebrou uma costela de Joe Pesci, em uma cena em que ambos lutavam, como sparring, e a cena foi mantida no filme.

A ideia de Martin Scorcese filmar em preto e branco, veio de um conselho do veterano cineasta inglês Michael Powell. No filme, apenas os filmes caseiros de Jake LaMotta são coloridos.
“O Touro Indomável” foi a estreia da atriz Cathy Moriarty no cinema.
No roteiro original, havia uma cena que mostrava Jake LaMotta se masturbando na prisão. Esta cena foi cortada ainda na elaboração da versão definitiva do roteiro.

Os efeitos sonoros dos socos foram feitos utilizando o som de melões e tomates sendo esmagados.
Nas cenas em preto e branco foi utilizado chocolate para melhor representar o sangue.
A trilha sonora alterna trechos da ópera Cavalleria Rusticana, de Pietro Mascagni, com canções populares, como a brasileira Não tenho lágrimas.

Sharon Stone e Beverly D’Angelo fizeram teste para o papel de Vicki LaMotta.

  • O Desafio do Dragão ( Kickboxer)  8 de setembro de 1989

Kickboxer (O Desafio do Dragão) é um filme americano de artes marciais de 1989, dirigido por Mark DiSalle e co-dirigido por David Worth, é escrito por Glenn A. Bruce com base no esboço escrito por Mark DiSalle e Jean-Claude Van Damme. É estrelado por Jean-Claude Van Damme, Dennis Alexio e Dennis Chan. O filme é considerado um clássico cult e um dos trabalhos definitivos na carreira de Van Damme como artista marcial.

Kurt Sloane (Jean-Claude Van Damme) é um jovem lutador de caratê que ajuda seu irmão mais velho, Eric Sloane (Dennis Alexio), nos treinos de kickboxing. Após se tornar campeão mundial dos pesos pesados, Eric vai para a Tailândia defender o título, enfrentando o invencível Tong Po (Michel Qissi). Durante a luta ele é gravemente ferido, ficando paralítico. Em busca de justiça, Kurt decide defender a honra da família no ringue, se submetendo a um pesado treinamento de muay thai com um famoso mestre local, chamado Xian Chow (Dennis Chan).

  • Hurricane: O Furacão (The Hurricane) 17 de setembro de 1999

O Furacão é um filme biográfico de 1999 dirigido por Norman Jewison e estrelado por Denzel Washington. O roteiro foi adaptado por Armyan Bernstein e Dan Gordon, o filme conta a história de um ex-campeão dos médios do boxe que foi condenado por um triplo homicídio em um bar em Paterson, Nova Jersey. O filme também retrata a sua vida na prisão e como ele foi libertado pelo amor e compaixão de um adolescente do Brooklyn chamado Lesra Martin e sua família adotiva canadense.

Conta a história de Rubin “Hurricane” Carter, famoso pugilista estadunidense cuja prisão, por assassinato, foi cercada de suspeitas de perseguição racial. Em 1966, Rubin Carter foi detido junto com um amigo e acusado do assassinato de três pessoas em Nova Jersey. Após rápido julgamento, ele foi condenado à prisão perpétua por um júri composto exclusivamente por brancos. Tanto Carter como seu amigo, John Artis, negaram envolvimento nos assassinatos, passaram sem problemas por um detector de mentiras e as testemunhas não os reconheceram como os autores. O filme mostra as pessoas que o ajudaram a conseguir um novo julgamento que o inocentou. Rubi ficou encarcerado por vinte anos e a sua esperança restringia-se aos fãs que acreditavam em sua inocência.

O ator Denzel Washington e Rubin Carter trabalharam juntos durante a produção do filme. O diretor premiado/produtor Norman Jewison considera The Hurricane o seu melhor trabalho. Os locais de filmagem incluem: East Jersey State Prison, Trenton, Nova Jersey; Avenel, Nova Jersey; Paterson e Nova Jersey, nos EUA e Toronto e Ontário, no Canadá.

O ex-campeão mundial de peso médio Joey Giardello processou os produtores do filme por difamação sobre a interpretação dada à sua luta com Carter, onde foi apresentado um “desfecho racista”. “Isso é uma piada, ele disse ao New York Daily News, ele não me bateu tanto assim nos 15 rounds. Praticamente todos os especialistas de boxe dirão que eu ganhei a luta.” O árbitro Robert Polis, que assinalou 72-66 em favor do Giardello, declarou: “Eles retrataram Joey Giardello como um lutador incompetente. Eu achei isso ridículo. Até o próprio Carter concordou que Giardello era o legítimo vencedor.

Posteriormente, o caso foi resolvido fora do tribunal. Os produtores pagaram ao campeão aposentado uma bolsa e fizeram um acordo, com Jewison, o qual incluia uma declaração, no DVD, com a seguinte mensagem: “Giardello sem dúvida foi um grande lutador”.

  • Clube da Luta (Fight Club) 29 de outubro de 1999

Dirigido por David Fincher. É baseado no romance homônimo de Chuck Palahniuk, publicado em 1996. O filme é protagonizado por Brad Pitt. Edward Norton e Helena Bonham Carter. Norton representa o protagonista anônimo, um “homem comum” que está descontente com o seu trabalho de classe média na sociedade americana. Ele forma um “clube de combate” com o vendedor de sabonetes Tyler Durden, representado por Brad Pitt, e se envolve com uma mulher dissoluta, Marla Singer, representada por Helena Bonham Carter.

Os direitos do romance de Palahniuk foram adquiridos pela produtora da 20th Century Fox Laura Ziskin, que contratou Jim Uhls para escrever a adaptação do filme. Fincher foi um de quatro diretores considerados; foi eventualmente contratado devido ao seu entusiasmo pelo filme. Fincher desenvolveu o roteiro com Uhls e procurou conselhos de escrita do elenco de outros na indústria cinematográfica. O diretor e o elenco o compararam aos filmes Rebel Without a Cause e The Graduate. A intenção de Fincher com a violência de Fight Club foi a de servir como metáfora ao conflito entre uma geração de pessoas jovens e o sistema de valores da publicidade. O realizador copiou o tom homoerótico do romance de Palahniuk para manter a audiência desconfortável e desviar a atenção da surpresa do final do enredo.

Executivos do estúdio de cinema não gostaram do filme, e reestruturaram a campanha de marketing intencionada por Fincher para reduzir as perdas antecipadas. Fight Club não atingiu as expectativas do estúdio nas bilheteiras, e recebeu reações polarizadas dos críticos. Foi citado com um dos filmes mais controversos e falados de 1999. O jornal The Guardian viu-o como um prenúncio de mudança da vida política americana, e descreveu o seu estilo visual como inovador. O filme tornou-se mais tarde um sucesso comercial com o lançamento do DVD, que estabeleceu Fight Club como um filme cult.

  • Gladiador (Gladiator) 5 de maio de 2000

Gladiador é um filme americano de 2000 dirigido por Ridley Scott e estrelado por Russell Crowe, Joaquin Phoenix, Connie Nielsen, Ralf Möller, Oliver Reed, Djimon Hounsou, Derek Jacobi, John Shrapnel e Richard Harris. Crowe interpreta o leal General Máximus Décimus Meridius, chamado de Espanhol no filme, que é traído quando o ambicioso filho do imperador, Cómodo, mata seu pai e toma o trono. Reduzido a um escravo, Máximo ascende através das lutas de gladiadores para vingar a morte de sua família e do antigo Imperador.

Lançado em 5 de maio de 2000, Gladiator foi um enorme sucesso de bilheteria, recebendo críticas geralmente favoráveis. O filme foi indicado a vários prêmios, vencendo cinco Oscars incluindo o de Melhor Filme.

Teve a distribuição da Dreamworks SKG somente para a América do Norte, enquanto a Universal Pictures distribuiu mundialmente. O ano é de 180 d.C. e o general romano Maximus, servindo ao seu imperador Marco Aurélio, prepara seu exército para impedir a invasão dos bárbaros Germânicos. Após o combate, Maximus fica sabendo que Marco Aurélio, já velho e ciente de sua morte, quer lhe passar o comando do Império Romano. A trama onde Cómodo, filho do imperador, mata o pai, assumindo o comando do império, não é historicamente verídica. No filme, Cómodo assumiu depois de assassinar seu pai, como vingança por este não o escolher como sucessor ao trono, preferindo Máximus.

Enquanto Cômodo assume o trono, Maximus que escapa da morte, torna-se escravo e gladiador, travando batalhas sangrentas no Coliseu, a nova forma de divertimento dos romanos. Maximus, disposto a vingar o assassinato de sua mulher e de seu filho, sabe que é preciso triunfar para ganhar a confiança da plateia. Acumulando cadáveres nas arenas, o gladiador luta por uma causa pessoal, de forma quase que solitária e leva benefícios ao povo, submetido pela política do “pão e circo”. “Nesta vida ou na próxima eu terei minha vingança”. Maximus sabe que o controle da multidão será vital para que possa arquitetar sua vingança, que culmina em um combate com o próprio Cômodo. De general a escravo, de escravo a gladiador.

  • Ong Bak – Guerreiro Sagrado – 23 de outubro de 2003

Uma valiosa estátua de Buda é roubada do templo de um vilarejo na Tailândia. Esse símbolo é o representante de uma cerimônia praticada pelos moradores do povoado, os quais acreditam que através dela a má sorte é extinta. O jovem Ting (Tony Jaa) se oferece para recuperar a relíquia em tempo de se realizar a cerimônia.

Ting é um jovem que segue os dogmas de seu povo, por isso sente-se muito preparado para tal função, pois o local onde ela mora é a vila de non prado, lhe ensinando o Muay Boran. Mesmo sendo contra usar sua arte marcial em um combate, o jovem é forçado a fazer o contrário para evitar o flagelo de seu povo.

Durante as filmagens não foram usados dublês e nem efeitos computadorizados, Ong Bak foi cotado como o melhor filme de luta/ação desde os tempos de Bruce Lee.

  • O Vencedor ( The Fighter) 4 de fevereiro de 2011

Dirigido por David O. Russell e estrelado por Mark Wahlberg, Christian Bale, Amy Adams e Melissa Leo. O filme centra a história na vida de Micky Ward e seu meio-irmão mais velho Dicky Eklund.
Micky Ward (Mark Wahlberg) é um pugilista, da categoria meio-médio, norte-americano com ascendência irlandesa de uma família de classe operária em Lowell (Massachusetts). Agenciado por sua mãe, Alice Ward (Melissa Leo), e treinado por seu meio-irmão mais velho, Dicky Eklund (Christian Bale), Micky não teve uma carreira particularmente bem-sucedida: Ele se tornou um “trampolim” para promover outros pugilistas. Complicando ainda mais, Dicky, um ex-pugilista cujo ápice foi ter nocauteado Sugar Ray Leonard em uma luta televisionada pela HBO, e decaiu muito após o sucesso, tornando-se dependente de crack. Ele está sendo filmado para um documentário da HBO que ele acredita ser sobre o seu “grande retorno”.

Na noite de uma luta preliminar em Atlantic City, o adversário de Micky fica doente, e lhe arranjam um substituto com 10 kg a mais do que ele. Apesar de Micky não concordar, sua mãe e irmão concordam com os termos, para que todos pudessem ser pagos. Micky é derrotado de forma humilhante pelo lutador bem mais pesado, mostrando clara incompatibilidade entre os dois. Frustrado com sua carreira e envergonhado por sua derrota, Micky tenta se esconder do mundo e inicia um relacionamento com Charlene Fleming (Amy Adams), uma ex-atleta universitária que abandonou tudo e tornou-se uma garçonete.

Após várias semanas, Alice consegue uma nova luta para Micky, que preocupado com o fato de repetir-se o mesmo que aconteceu anteriormente, mostra hesitação. Sua mãe e irmãs culpam Charlene por sua falta de motivação. Micky afirma ter recebido uma oferta para treinar em Las Vegas e receber por isso, mas Dicky diz que ele cobrirá a oferta para que ele possa continuar treinando e trabalhando com sua família. Dicky então tenta arranjar dinheiro, fazendo sua namorada se passar por prostituta e depois, quando ela consegue um cliente, finge ser um policial para roubar o dinheiro do cliente de sua carteira. O truque é rapidamente frustrado pela polícia real e Dicky é preso após uma perseguição e luta com os policiais. Micky intervem para tentar impedir a polícia de bater em seu irmão, mas um policial quebra sua mão antes de prendê-lo. No julgamento, Micky é solto, mas Dicly é mandado à prisão. Cansado, Micky finalmente desiste de Dicky.

Concordo que ainda faltaram alguns muito importantes que marcaram a história do cinema, mas tentei colocar os melhores que já assisti.

Concordam com essa lista?

Relacionados

[gs-fb-comments]